ITAQUI GRANDE DO SUL

Local para cantar, elogiar, divulgar não só a terra do Itaqui, mas principalmente sua gente, aqueles que construiram uma união que gerou o município que temos hoje embora muitos governos tentem destrui-lo.

segunda-feira, 12 de março de 2007

O Itaqui de ontem de hoje e do futuro

Itaqui foi berço de muitas vidas dedicadas á pátria, á literatura e á Administração Pública.

Entre alguns podemos citar o escritor Manoelito de Ornellas com seu livro "Terra Xucra", onde retrata o Itaqui dos anos iniciais do seculo XX.
Sua descrição nos leva a relembrar nossas infâncias e a entender um pouco mais fatos que ocorreram, a decadência e o nosso destino. Acima de tudo, lendo Manoelito de Ornellas vemos que a opulência e o poder em nada ajudou o nosso municipio, deichando uma lição de humildade e exemplo para futuras gerações. Lendo Terra Xucra e relembrando o livro Memórias de um Vereador de Francisco Pereira Rodrigues, temos uma idéia clara dos motivos que levaram e mantèm nosso querido município de Itaqui em permanente estagnação mesmo em épocas de boa produção.
As desavenças do passado, até hoje arraigadas no espírito do Itaquiense levam que sempre haja uma parcela da população contrária a determinados empreendimentos, caso outra parcela o apoie.
Também encontramos Francisco Pereira Rodrigues que escreveu "Memórias dum Vereador" retratando Itaqui dos anos 40. Em seu livro relata fatos ocorridos na área da Administração Municipal onde o poder podia tudo. Hoje em dia verifricamos que a diferênça não é tão significativa do que ocorria naquela época, pois se naquela época o Povo nada decidia, continua sem decidir, pois é enrrolado pelos Políticos de carreira, e continua sem saber destinguir entre o bom e o Político que não presta.

Nenhum comentário:

HINO DE ITAQUI

I

Somos filhos do Sul e dos ventos;
Cavaleiros do pago sem jaça;
Sentinelas da Pátria que atentos,
Já mostraram a fibra da raça.
Hoje, paz e trabalho enaltecem
Nossa terra querida, Itaqui.
Mil espigas, nos campos, florescem;
Mil amores, no rio Cambaí.


Estribilho

Da memória teu nome não sai,
Que da pedra nasceste, Itaqui!
És legenda do Rio Uruguai,
Das areias do rio Ibicuí!
Tens o verde, amarelo e azul
Das coxilhas do sol e do céu...
Sob a luz do Cruzeiro do Sul, )
O gaúcho quebrando o Chapéu. )bis

II

Se preciso, ouvirás o tropel
De teu filho garboso que avança
Dando rédeas Brasil - ao corcel,
Teu emblema na ponta da lança!
Pouco importa, lutando se cai
Pela Pátria, teu filho, Itaqui!
Mais um verso terás, Uruguai,
Mais areias, oh! rio Ibicuí!

Estribilho
É lamentável que não se tenha o Hino de nossa cidade gravado com a música original. Aqui, á seguir uma entonação do mesmo:

Passeio pelas ruas do Itaqui

Um vídeo que mata a saudade do ausente de Itaqui Para copiar o vídeo para o computador clicar aqui

Pesquise aqui

Google
 
1br.Biz
Aos organizadores da Casilha da Canção Farrapa em nosso Itaqui

VÍDEOS: ITAQUI e MUNDO

Loading...

EARTH GOOGLE

** É necessário ter o Earth Google instalado no computados, se tiver basta escolher o link e clicar no mesmo. Se não tiver clique aqui
* Rio Uruguai - Níveis e permanência

Governadora Itaqui também merece

Governadora Itaqui também merece
Itaqui também precisa de obras para se desenvolver, não é só mais um município arrecadador.

ANA CAROLINA E SEU JORGE - É ISSO AI